Biópsia Líquida na Monitorização do tratamento do Cancro da Próstata

OphiomicsUma equipa de investigadores Britânicos publicou um artigo onde descreve o uso de biopsia líquidas para monitorizar doentes da cancro da próstata metastático em tratamento com um inibidor da PARP, o Olaparib da AstraZeneca, no contexto de um ensaio clínico de fase II, o TOPARP-A.

Neste artigo, os autores descrevem uma análise de colheitas seriadas de ADN livre circulante (circulating cell free DNA – ccfDNA) que revelou três importantes factos sobre a biópsia líquida no cancro da próstata metastático:

  1. A diminuição da quantidade total de ccfDNA para menos de metade da quantidade antes do tratamento demonstrou uma forte associação com um aumentada sobrevivência, indicando que a simples monitorização no contexto de biópsia líquida da quantidade total de ccfDNA tem valor prognóstico
  2. Todas as mutações observadas diretamente no tumor foram também encontradas na biópsia líquida, mais uma vez demonstrando a relevância da biópsia líquida, também no contexto do cancro da próstata metastático e dos genes da via de reparação de ADN por recombinação homóloga
  3. No decurso do tratamento observou-se um decréscimo da frequência das variantes genómicas associadas à via de reparação de ADN por recombinação homóloga, e identificaram-se também o aparecimento de mutações de resistência.

Este artigo vem demonstrar a importância da monitorização do ADN tumoral circulante no contexto de biópsias líquidas, usando um painel de genes como o que a Ophiomics implementou para análises somáticas, tanto para biópsias tissulares como biópsias líquidas, no painel BRCAness e que está hoje disponível no Centro de Medicina Laboratorial Germano de Sousa. Também revela ao fim de poucas semanas, a biópsia líquida pode identificar a emergência de mutações de resistência que indicam que o tratamento está a falhar, alertando assim os clínicos para a necessidade de reajustar o tratamento.

O artigo aqui referido é o Circulating Free DNA to Guide Prostate Cancer Treatment with PARP Inhibition publicado na edição de Junho da Cancer Discovery.

 

 


Outras Novidades